domingo, 7 de outubro de 2018

A história da pintura de Vincent van Gogh - Starry Night over the Rhône

Vincent van Gogh - Starry Night over the Rhône, 1888 – óleo sobre tela - 72.5 × 92 cm – Musée d´Orsay, Paris, França


A história da pintura de Vincent van Gogh - Starry Night over the Rhône


Essa é uma das pinturas de Arles de Vincent van Gogh à noite. Foi pintado em um ponto na margem do rio Rhône, que ficava a apenas um ou dois minutos a pé da Casa Amarela, na Place Lamartine, que Van Gogh alugava na época. O céu noturno e os efeitos da luz à noite foram tema de algumas de suas pinturas mais famosas, incluindo “Cafe Terrace at Night” (pintado no mesmo mês) e a tela posterior de Saint-Rémy, “The Starry Night”, pintada alguns meses mais tarde (logo após ser confinado a uma instituição mental) em que a violência da sua psique perturbada se expressa plenamente. “Starry Night over the Rhône” é mais serena, uma atmosfera reforçada pela presença de um casal de namorados no fundo da tela.


Esse blog possui um artigo sobre a pintura “The Starry Night”. Clique sobre o link abaixo para ver:



Vincent van Gogh - The Starry Night (A Noite Estrelada), 1889 – óleo sobre tela – 73,7 x 92,1 cm – Museum of Modern Art, New York, USA


Em Starry Night over the Rhône podemos ver o reflexo das luzes da cidade de Arles na água e um casal fazendo uma caminhada na praia. O céu está repleto de estrelas, inclusive a Grande Ursa. É possível ver também no lado direito, a ponte que liga Arles a Trinquetaille. A vista é do cais (uma rua à beira da água) no lado leste do rio Rhône, na curva do rio em direção à costa ocidental. Descendo do norte, o Rhône vira à direita nesse ponto para cercar as pedras sobre as quais Arles foi construída. Na realidade, a vista retratada na pintura está voltada para longe da Ursa Maior, que fica ao norte.  

A pintura é escura, porém serena. Não há contraste entre o céu e a terra. O contraste existe entre as luzes brilhantes no céu, na cidade e na água com o azul e preto de toda a pintura. A técnica do impasto aqui utilizada proporciona textura e movimento, mostrando que o artista aplicou rapidamente camadas grossas de tinta molhada sobre tinta molhada, provavelmente diretamente do tubo de tinta. Van Gogh transmite emoção e sonho nessa pintura.

A representação da cor foi de grande importância para Vincent; em cartas a seu irmão, Theo, ele frequentemente descrevia objetos em suas pinturas em termos de cor. Suas pinturas noturnas, incluindo Starry Night Over the Rhône, enfatizam a importância que ele deu para capturar as cores cintilantes do céu noturno e da iluminação artificial que era novidade na época.


Vincent Willem van Gogh (Zundert, 30 de Março de 1853 — Auvers-sur-Oise, 29 de Julho de 1890) foi um pintor pós-impressionista holandês, autodidata. Seu trabalho teve uma grande influência na arte do século 20. Sua produção inclui retratos, autorretratos, paisagens e naturezas-mortas de ciprestes, campos de trigo e girassóis. Ele completou muitas de suas obras mais conhecidas durante os dois últimos anos de sua vida. Em pouco mais de uma década, produziu mais de 2.100 obras de arte, incluindo 860 pinturas a óleo e mais de 1.300 aquarelas, desenhos, esboços e gravuras.


Esse blog possui mais artigos sobre Vincent Van Gogh. Clique sobre os links abaixo para ver:














Texto escrito e/ou traduzido e/ou adaptado ©Arteeblog - não copie esse artigo sem autorização desse blog, mas por favor o compartilhe, usando os ícones de compartilhamento para e-mail ou redes sociais. Obrigada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário