sábado, 11 de fevereiro de 2017

Carlo Carrà, sua vida e sua obra

Carlo Carrà - Interventionist Demonstration (Manifestazione Interventista) - 1914- Têmpera, caneta, mica em pó e papel sobre cartão - 38.5 × 30 cm - Gianni Mattioli Collection [on long-term loan to the Peggy Guggenheim Collection, Venice


 Carlo Carrà, sua vida e sua obra


Carlo Carrà - The Funeral Of The Anarchist Galli, 1910-1911 – óleo sobre tela - 259.1 x 198.7 cm - Museum of Modern Art (MoMA), New York, USA


Carlo Carrà (11 de fevereiro de 1881 - 13 de abril de 1966) foi um pintor italiano e uma das principais figuras do movimento futurista que floresceu na Itália durante o início do século 20. Além pintar, ele escreveu uma série de livros sobre arte e lecionou por muitos anos em Milão. Participou em diversas edições da Bienal de Arte de São Paulo, Brasil.


Carlo Carrà - The Red Horseman, 1913 – óleo sobre tela – coleção particular


Aos 12 anos, Carrà saiu de casa, para trabalhar como um pintor de murais. Em 1899-1900, Carrà esteve em Paris decorando pavilhões na Exposição Universelle, onde se familiarizou com a arte francesa contemporânea. Passou alguns meses em Londres em contato com anarquistas italianos exilados e voltou para Milão em 1901. Em 1906, matriculou-se na Accademia di Brera.


Carlo Carrà - Partita Di Calcio – óleo sobre tela – coleção particular


Em 1910 assinou, junto com Umberto Boccioni, Luigi Russolo, Giacomo Balla e Gino Severini, o Manifesto de Pintores Futuristas, e iniciou uma fase de pintura que se tornou sua mais popular e influente. Os futuristas queriam que suas pinturas expressassem a energia e velocidade da vida moderna.


Carlo Carrà - The Enchanted Room, 1917 – óleo sobre tela – 65 x 52 cm - Pinacoteca di Brera, Milão, Itália


Carlo Carrà – La Musa Metafisica, 1917 – óleo sobre tela – 90 x 66 cm - Pinacoteca di Brera, Milão, Itália


A fase Futurista de Carrà terminou em torno da Primeira Guerra Mundial. Sua obra, enquanto ainda estava usando alguns conceitos futuristas, começou a lidar de forma mais clara com forma e quietude, ao invés de movimento e sentimento. Inspirado na pintura de Trecento, na arte infantil e no trabalho de Henri Rousseau, Carrà logo começou a criar naturezas mortas num estilo simplificado que enfatizava a realidade dos objetos comuns.


Carlo Carrà - Madre E Figlio, 1917 – óleo sobre cartão – 87 x 58 cm - Pinacoteca di Brera, Milão, Itália


Carlo Carrà - The Engineer's Lover, 1921 – óleo sobre tela – 45 x 55 cm - Peggy Guggenheim Collection, Veneza, Itália 


Em 1917 ele conheceu Giorgio de Chirico em Ferrara, e trabalhou com ele lá por várias semanas. Influenciado por de Chirico, Carrà começou a incluir imagens de manequim em suas pinturas. Os dois artistas foram os inovadores de um estilo que eles chamaram de "pintura metafísica", considerada uma precursora do Surrealismo. Um estilo que, um pouco como o de René Magritte, é rica em mistério evocativo apesar do caráter simples da representação. Enquanto o futurismo rejeitava firmemente o passado, a pintura metafísica tinha uma nostalgia pela agora esquecida grandeza clássica da Itália como uma influência importante em sua arte.


Carlo Carrà – Vele nel Porto, 1923 – óleo sobre tela - Museo d'Arte Moderna e Contemporanea di Trento e Rovereto, Rovereto, Itália


Em 1919, a fase metafísica de Carrà deu lugar a um arcaísmo inspirado nas obras de Giotto, a quem ele admirava como "o artista cujas formas estão mais próximas de nossa maneira de conceber a construção de corpos no espaço". Ao longo dos anos 1920 e 1930, ele se concentrou principalmente na pintura de paisagens e desenvolveu um estilo mais atmosférico.



Carlo Carrà – Pescatori, 1935 - óleo sobre tela – coleção particular


Esse blog possui um artigo sobre Futurismo Italiano.  Clique sobre esse link para ver:


Esse blog possui um artigo sobre Giorgio de Chirico e arte metafísica.  Clique sobre esse link para ver:




Texto escrito e/ou traduzido e/ou adaptado ©Arteeblog - não copie esse artigo sem autorização desse blog, mas por favor o compartilhe, usando os ícones de compartilhamento para e-mail ou redes sociais. Obrigada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário