terça-feira, 15 de novembro de 2016

Georgia O'Keeffe e sua arte florida

Georgia O'Keeffe - Two Calla Lillies on Pink, 1928 – óleo sobre tela – 101,6 x 76,2 cm - Philadelphia Museum of Art


Georgia O'Keeffe e sua arte florida


Georgia O'Keeffe - Blue and Green Music, 1919-21 – óleo sobre tela – 58,4 x 48,3 cm – The Art Institute of Chicago, USA


Georgia Totto O'Keeffe (Sun Prairie, Wisconsin, 15 de Novembro de 1887 - 6 de Março de 1986) foi uma artista americana conhecida por suas pinturas de flores ampliadas, crânios de animais, arranha-céus de Nova York e paisagens do deserto do Novo México. Fazendo sua estreia um século atrás, em 1916, O'Keeffe foi imediatamente reconhecida como uma artista pioneira, enquanto hoje seu legado como um ícone de arte americana e uma pioneira da arte do século XX é amplamente reconhecido. Foi apelidada como a "mãe do modernismo americano".


Georgia O'Keeffe - Canna Red and Orange, 1926 – óleo sobre tela - 50.8 x 40.6 cm – coleção particular


O'Keeffe estudou na School of the Art Institute of Chicago de 1905 a 1906. Em 1907, frequentou a Art Students League em New York City, onde estudou com o então professor William Merritt Chase. Em 1908, ela ganhou o prêmio William Merritt Chase, uma bolsa de estudos para participar da escola de verão da Liga em Lake George, Nova York. Enquanto estava na cidade em 1908, O'Keeffe foi a uma exposição de aquarelas de Rodin na galeria 291, de propriedade de seu futuro marido, o fotógrafo Alfred Stieglitz.


Georgia O`Keeffe - Abstraction White Rose, 1927 – óleo sobre tela – 76,2 x 76,2 cm - Georgia O'Keeffe Museum, Santa Fe, NM, USA


Depois de 1918, ela começou a trabalhar principalmente em óleo, uma mudança por ter trabalhado principalmente em aquarela no início de 1910. Em meados da década de 1920, O'Keeffe começou a fazer pinturas em grande escala de formas naturais a curta distância, como se vistas através de uma lente de aumento. Ela também completou um conjunto significativo de pinturas de edifícios de Nova York. O'Keeffe começou a trabalhar de maneira mais representacional na década de 1920, em um esforço para afastar seus críticos das interpretações freudianas.


Georgia O'Keeffe – Manhattan, 1932 – óleo sobre tela - 214.3 x 122.4 cm - Smithsonian American Art Museum


Começando em 1923, Stieglitz organizou exposições anuais do trabalho de O'Keeffe. Em meados da década de 1920, O'Keeffe tornou-se conhecida como uma das mais importantes artistas americanas. Seu trabalho alcançava preços altos.


Georgia O'Keeffe - Jimson Weed, 1936 – óleo sobre linho – 180 x 212 cm - Indianapolis Museum of Art, Indianapolis, USA


Em 1929, O'Keeffe sentiu uma crescente necessidade de encontrar uma nova fonte de inspiração para seu trabalho. Entre 1929 e 1949, O'Keeffe passou parte de quase todos os anos trabalhando no Novo México. Ela coletou pedras e ossos do chão do deserto e fez deles e das formas arquitetônicas e paisagísticas da área temas de seu trabalho. Conhecida como uma solitária, O'Keeffe explorou a terra que amava muitas vezes em seu Ford Modelo A, que ela comprou e aprendeu a dirigir em 1929.


Georgia O'Keeffe – Radiator Building, 1927 – óleo sobre tela - 121.9 x 76.2 cm - Crystal Bridges Museum of American Art, Bentonville, Arkansas, USA


A reputação e a popularidade de O'Keeffe continuaram a crescer. Seu trabalho foi incluído em exposições em museus importantes. Em 1976, ela escreveu um livro sobre sua arte e permitiu que um filme fosse feito sobre ela em 1977.


Georgia O'Keeffe - Oriental Poppies, 1928 - 80 x 105,4 cm – Weisman Art Museum, University of Minnesota, Minneapolis, USA


"Ninguém vê uma flor - realmente - é tão pequena que leva tempo - não temos tempo - e ver leva tempo, gostar de ter um amigo leva tempo". Geórgia O'Keeffe


Georgia O'Keeffe – Summer Days, 1936 – óleo sobre tela - 91.8 × 76.5 cm - Whitney Museum of American Art, New York


"Se você pegar uma flor em sua mão e realmente olhar para ela, é o seu mundo por um momento." Georgia O'Keeffe


Georgia O'Keeffe – Black Mesa Landscape, New Mexico, Out Back of Marie's II, 1930 – óleo sobre tela – 61,6 x 92,1 cm - Georgia O'Keeffe Museum, Santa Fe, NM, USA


"Eu descobri que eu poderia dizer coisas com cores e formas, que eu não poderia dizer de outra maneira ... coisas que eu não tinha palavras para descrever." Georgia O'Keeffe


Georgia O'Keeffe – Hibiscus with Plumeria, 1939 – óleo sobre tela – Smithsonian American Art Museum, Washington, DC, USA


Assista um vídeo sobre Georgia O´Keeffe:




Texto escrito e/ou traduzido e/ou adaptado ©Arteeblog - não copie esse artigo sem autorização desse blog, mas por favor o compartilhe, usando os ícones de compartilhamento para e-mail ou redes sociais. Obrigada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário