sexta-feira, 26 de junho de 2015

Henri Lebasque – sua arte e sua história

Henri Lebasque – Little White Dog – 1905 - óleo sobre tela – 65,6 x 54,6 cm

Henri Lebasque – sua arte e sua história


Henri Lebasque - Garden in Summer - óleo sobre tela

Lebasque nasceu em 25 de setembro 1865 em Champigné (Maine-et-Loire), França. Iniciou a sua formação artística na cidade de Angers, onde entrou na École des Beaux-Arts. Em 1885, decidiu continuar seus estudos em Paris no estúdio de Bonnat. Durante esses anos Lebasque conheceu Camille Pissarro e Auguste Renoir, que mais tarde teriam um grande impacto no seu trabalho e experimentou técnicas neo-impressionistas, que abandonou alguns anos mais tarde em favor de uma pincelada mais natural.


Henri Lebasque - Horse and Carriage on a Sunny Road – c. 1900 - óleo sobre tela – 73,7 x 60,4 cm


Henri Lebasque – On the Beach – c. 1920 - óleo sobre tela


Henri Lebasque - Woman in black gloves – 1930 - óleo sobre tela

Em 1890 ele participou do Salon des Indépendants e conheceu Maximilien Luce e Paul Signac, com quem manteve uma estreita amizade. A visão de Lebasque foi colorida por seu contato com pintores mais jovens, especialmente Édouard Vuillard e Pierre Bonnard, fundadores do Grupo dos Nabis, que eram os intimistas que favoreciam a calma e a quietude dos temas domésticos. De seu primeiro contato com Georges Seurat e Paul Signac, Lebasque aprendeu o significado de uma teoria da cor que salientava o uso de cores complementares em sombreamento.


Henri Lebasque – Afternoon in the Garden – 1923 – óleo sobre tela – 21,4 x 65,5 cm


Henri Lebasque - Nono in a pink hat – c. 1920-29 - óleo sobre tela – 55,6 x 46,3 cm


Henri Lebasque – The Bar at the Beach – 1923-25 - óleo sobre tela – 58,9 x 73 cm

No início do século 20, ele se estabeleceu por cinco anos em Lagny, onde pintou paisagens. Em 1906 o trabalho de Lebasque passou por uma transformação acentuada na maneira em que aplicava a cor em suas telas e interpretava a luz. Esta mudança foi motivada por sua visita ao Sul da França com seu amigo Manguin e pelo efeito que a luz do sul tinha sobre ele. Ao longo dos próximos anos, ele trabalhou na Normandia (Andelys em 1912, 1915 e 1921), Bretanha e Vendée, e também em Saint Tropez, São Maxime, Nice e Cannet, onde se estabeleceu em torno de 1924. Durante esses anos, os temas de suas pinturas eram os objetos e as pessoas ao seu redor: retratos de sua esposa e filhos, interiores e jardins, margens de rios, bem como vistas para o Provence e da Côte d'Azur, pomares e olivais.

Henri Lebasque – Boat on the Marne – 1905 - óleo sobre tela


Henri Lebasque- The Quay at St Pierre in Cannes (also known as Open Window in Antibes) - óleo sobre tela – 61 x 50,7 cm


Henri Lebasque - A Young Woman Seated with Hydrangeas – c. 1925 - óleo sobre tela – 54,7 x 65,4 cm

Por razões de saúde (ele sofria de reumatismo desde a sua juventude) Lebasque retirou-se para a costa, no final de sua vida. Durante este último período, ele pintou nus femininos, com as figuras repletas de luz e ternura. Lebasque morreu em Le Cannet de um ataque cardíaco em agosto de 1937. Lebasque teve algum sucesso comercial durante sua vida. Ele trabalhou nas decorações do teatro dos Champs-Elysées e no navio Transatlantique. Sua obra está representada em museus franceses, como Angers, Genebra (Petit Palais), Lille (Musée des Beaux-Arts), Nantes e Paris (Musée d'Orsay). 


Henri Lebasque – Interior with Harp - óleo sobre tela


Henri Lebasque - Nude on red carpet – 1920 - óleo sobre tela


Henri Lebasque - In Front of the Window, Ile d'Yeu – 1919 - óleo sobre tela – 46 x 38 cm


Henri Lebasque - Woman and Little Girl at the Window - óleo sobre tela sobre madeira


Henri Lebasque – Woman in a White Dress – c. 1923 - óleo sobre tela – 50 x 61 cm 


Henri Lebasque - Saint-Tropez, Marthe Asleep in a Chaise Lounge – c. 1910-15 - óleo sobre tela – 73 x 92 cm


Henri Lebasque – La Cigarette – c. 1921 – 54 x 65 cm


Henri Lebasque - The Snack, Aix-les-Bains – 1920 - óleo sobre tela – 80,3 x 65,4 cm


Henri Lebasque – The Blue Robe – 1920 – óleo sobre tela – 81 x 65 cm

Texto escrito e/ou traduzido e/ou adaptado ©Arteeblog - não copie esse artigo sem autorização desse blog, mas compartilhe usando os ícones de compartilhamento para e-mail ou redes sociais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário